Terça-feira, 16 de Agosto de 2005

...

Parei o carro perto de uma falésia, sentei-me ali. Passei mesmo horas a fio ali sentado, arrancando do chão algumas pequenas ervas e atirando-as ao mar. Passaram-me mil e uma ideias pela cabeça, parecia que ia endoidecer.



O pior de tudo é que eu envolvi mais pessoas nisto, quando estive com a Cátia não usamos preservativo, que mais me pode acontecer?







Ergo-me completamente no cimo daquela falésia e simplesmente começo a gritar, tentando libertar-me de tamanho sofrimento e agonia que sentia dentro de mim.







Já sobre a manhã, sai dali com o carro e vou para a cidade. Passo por casa, deixo as minhas coisas, tomo banho e troco de roupa. Saiu de novo, vou fazer as análises, quanto mais rápido melhor.







Já estão feitas, foi horrível, os enfermeiros a olhar para mim com uma cara como se tivesse cometido algum crime. E na verdade cometi, poderei estar a abrir portas à minha morte e só porque não tive cuidado. Mas porquê? Agora pode ser tarde demais para pensar em me proteger!







A porcaria dos resultados só saem dentro de uma semana e meia, nem sei que fazer! O meu telemóvel toca vezes sem conta, tenho mensagens para ler sem fim e mensagens de voz a encher-me a caixa de correio.







(uma semana e meia depois)







Este tempo custou muito a passar e significa muitas noites sem dormir. Antes, nunca imaginaria o que seria estar nesta aflição. Vou até ao laboratório de análises mas não consigo sair do carro. Passei horas dentro do carro até decidir-me ir levantar as análises e conferir o resultado, que ditava a minha vida.







Não consigo abrir … Tenho medo do resultado …







Vou ter ao pé do mar, sinto-me bem ali. O mar consegue lavar-me a alma!



Começo a abrir o envelope, volto a parar…



De rompante, puxo o relatório e deparo-me com o resultado que provoca em mim um tremor pelo corpo, cai-me uma lágrima que me percorre a face…



(…)




:: Postado por Anjinho & Companhia em 07:37 PM

não sei se é a sequência certa mas gosto muito lobo
publicado por relogiodesacertado às 13:51
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 16 de Agosto de 2005 às 13:58
Queres conhecer um Blog com um espírito de festa onde a gargalhada pode contagiar?
Acabei de criar um, onde tento que rir seja o melhor remédio.
http://ritmos.blogs.sapo.pt/
Elsita
(http://ritmos.blogs.sapo.pt)
(mailto:elsita05@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O gato que vê o frio dent...

. Os ratos na toca tem filo...

. Essa estrada

. ...

. ...

. ...

. ...

. A morte da mulher do Dono...

. ...

. Nas tuas mãos

.arquivos

. Agosto 2013

. Julho 2012

. Maio 2012

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

.favorito

. ...

blogs SAPO

.subscrever feeds