Domingo, 14 de Agosto de 2005

Ainda não sei voar. Voar é ficar um pouco mais triste.

Ainda não sei voar. Voar é ficar um pouco mais triste.

Tu és o pássaro que habita a humidade do meu corpo. Parece que o amor é uma forma profunda de tristeza. Ainda é o amor que retem a madrugada quando te perdes e agarras um sentido algures na maresia. Voar é ficar um pouco mais triste. Parece que o verdadeiro amor é esta liberdade de não saber distinguir o modo de dormir do modo do corpo se elevar
lOBO 05
publicado por relogiodesacertado às 17:32
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 14 de Agosto de 2005 às 17:57
Bem, se o amor é sentir toda essa liberdade, é naturar que ao saber voar fiquemos um pouco mais tristes, porque amor perfeito, existiu um: O de Romeu e Julieta, mesmo assim acarretou muito sofrimento para os dois!
Fica bem! :)Anjinho
(http://anjinhoecompanhia.blogs.sapo.pt)
(mailto:anjinho@netmadeira.com)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O gato que vê o frio dent...

. Os ratos na toca tem filo...

. Essa estrada

. ...

. ...

. ...

. ...

. A morte da mulher do Dono...

. ...

. Nas tuas mãos

.arquivos

. Agosto 2013

. Julho 2012

. Maio 2012

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

.favorito

. ...

blogs SAPO

.subscrever feeds