Terça-feira, 27 de Junho de 2006

reflexão

Se nós nos percebecemos tão facil como limpar o embaciado das janelas

o sol ficaria mais facil de alcançar e poucas palavras para complicar a vida.

 

Se nós nos percebecemos e não fosse ptreciso escrever ou explicar a natureza que olhamos

e no final da noite a nossa respiração fosse um agradecimento a cada momento essencial do nosso amor e da nossa guerra.

 

Se nós nos percebecemos e não fosse preciso construir uma história demasiado longa

ou uma canção demasiado forte para os olhos.

 

Na verdade não se pode guardar  um sentimento

na gaveta do ontem

nem a culpa terá um disfarce tão justo e convicente como o amor

 

Se cada um de nós precisasse de saber que caminhos já foram percorridos

de saber todas as coisas que podemos escutar numa canção

ou ver como uma invenção do cinema intimo do nosso quarto.

 

Se nós nos percebecemos...

lobo 06

publicado por relogiodesacertado às 15:17
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O gato que vê o frio dent...

. Os ratos na toca tem filo...

. Essa estrada

. ...

. ...

. ...

. ...

. A morte da mulher do Dono...

. ...

. Nas tuas mãos

.arquivos

. Agosto 2013

. Julho 2012

. Maio 2012

. Maio 2011

. Setembro 2010

. Janeiro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

.favorito

. ...

blogs SAPO

.subscrever feeds